terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Magia com velas


A prática da magia com velas vem ultrapassando milênios, e ela não é exclusividade das bruxas, a própria igreja católica tem suas formas particulares de utilização das velas, como por exemplo queimar os pecados dos fiéis escritos em folhas de papel por meio de velas abençoadas por um padre em nome do pai, do filho e do espirito santo, amém. Apenas mais um ritual enraizado nas religiões pagãs..

Rituais de magia com velas tanto podem ser executados em ambientes fechados quanto ao ar livre, lembrando no ultimo caso de tomar muito cuidado com a integridade da Mãe Natureza, afinal o fogo pode fazer grandes estragos! Sem contar as condições climáticas que podem mudar de uma hora para outra encerrando o ritual sem aviso prévio, estou falando de chuvas ou fortes rajadas de vento (já aconteceu comigo!). E o que menos se quer é que o ritual seja interrompido depois de se preparar tudo tão cuidadosamente.

Gosto também de queimar incensos durante a maioria dos rituais, daqueles em varetas ou ervas naturais se possível. Sempre utilize incensos que se liguem a correspondência do trabalho mágico que se está fazendo. A fumaça do incenso auxilia a concentração além de inundar o espaço ritualistico de vibrações específicas, mas o incenso não é obrigatório no caso da magia com velas.

Selecione a vela cuja cor represente seu objetivo mágico, mais os materiais que deseja utilizar e mãos a obra!


VESTINDO A VELA

Antes de usar a vela em qualquer ritual de magia ela precisa ser adequadamente "vestida". Consagre a vela do jeito que está acostumado ou achar melhor, passando pela fumaça do incenso, borrifando água e sal na sua base, traçando um círculo protetor em torno da vela, um pentagrama unindo todos os elementos com o atame.. Pode se recitar alguns versos para purificação da vela, algo como;


"Criatura de cera e pavio, mantenha-se limpa e abençoada
para aquilo que pretendo,
Em nome dos meus amados Deuses e Deusas
aos olhos de quem esta chama é sagrada,
eu consagro esta vela como um instrumento mágico
Que assim seja"


Para carregar uma vela primeiro você deve selecionar um óleo essencial apropriado e espalha-lo pela superfície da cera com a mão de poder, no sentido horário caso a finalidade seja atrair e sentido anti horário para banir algo. Ou ainda das bases para o meio para atrair e do meio para as pontas para banir. Faça sempre a unção mantendo a visualização do seu desejo, até que sinta que é o bastante, a vela estará então carregada com seu poder.

Você pode ainda rolar a vela num recipiente com ervas apropriadas ou traçar símbolos nela. Acenda-a e recite seu encantamento ou frase desejada mentalizando sua vontade. Ao término apague a vela com os dedos ou um abafador, podendo usa-la nos dias seguintes para reforçar seu pedido ou mesmo deixe-a queimar (depende do ritual escolhido ou criado por você).

~*~

A minha primeira magia com velas foi pouquíssimo elaborada mas a intenção era muito forte, e deu super certo. Na época queria encontrar uma casa para meu namorado e eu, a residência onde estavamos era péssima e o vizinho que dividia o terreno era terrível e desrespeitoso. Queriamos um lugar tranquilo e com um ambiente bom, e conseguimos. A indicação da casa apareceu na mesma semana vinda de forma inesperada por meio de uma grande amiga minha, e ainda por cima ela nos vendeu alguns móveis novinhos que estavamos precisando, sem contar que o aluguel estava dentro do nosso orçamento!

2 comentários:

Sortiarium disse...

Há um selo "bruxístico" para este blog no Sortiarium!

http://sortiarium.blogspot.com/

Barbara disse...

Vou fazer.
Para a saúde.
Obrigada.
Quem divide o que sabe é bom caráter.