terça-feira, 24 de março de 2009

Canção da Deusa


Sou a Grande Mãe, cultuada por todas as criaturas e existente desde antes de sua consciência. Sou a força feminina primitiva, ilimitada e eterna.

Sou a casta Deus a da Lua, Senhora de toda a magia. Os ventos e as folhas que balançam cantam meu nome. Uso a lua crescente em minha fronte e meus pés se apoiam sobre os céus estrelados. Sou os mistérios não solucionados, uma trilha recém-estabelecida. Sou o campo intocado pelo arado. Alegre-se em mim, e conheça a plenitude da juventude.

Sou a Mãe abençoada, a graciosa Senhora da Colheita.Trajo a profunda e fresca maravilha da Terra e o outro dos campos carregados de grãos. Por mim são geridas as temporadas da Terra; tudo frutifica de acordo com as minhas estações. Sou o refúgio e cura. Sou a Mãe que dá vida, maravilhosamente fértil.

Cultue-me como a Anciã, mantenedora do inquebrado ciclo de morte e renascimento. Sou a roda, a sombra da Lua. Controlo as marés das mulheres e dos homens e forneço libertação e renovação às almas cansadas. Apesar de as trevas da morte serem meu domínio, a alegria do renascimento é meu dom.

Sou a Deusa da Lua, da Terra, dos Mares. Meus nomes e poderes são múltiplos. Distribuo magia e poder, paz e sabedoria. Sou a eterna Donzela, a Mãe de tudo, e a Anciã das trevas, e lhe envio bênçãos de amor sem limite.


(Baseada numa invocação criada por Morrigan, primeira mestra de Scott Cunningham)

5 comentários:

Barbara disse...

A Deusa adora nos provocar...
Assim como todos os elementos...
Mas , já que tens essa sintonia com a Amazônia, estude as lendas de lá.
Tem muita coisa bonita.
Obrigada também pelo carinho.

Nadja Saori disse...

Muito bonito. Obrigada por passar lá no meu blog também!
Acho dificil entoar cançoes como essa... mas curto ler e refletir sobre o que dizem.
Uma vez estava entoando para Chop e os gnomos um texto que uma amiga bruxa havia me indicado... mas aquilo me soava tao diferente, quase errado, sabe ?
Era tão... formal e vazio, que tive que cirar minhas próprias invocações! E funcionam, melhor até do que eu imaginei... hehehe

Beijoooos

)O( disse...

Sim Barbara os mitos brasileiros tb são lindos. o meu preferido é o da Deusa Mani, talvez pq foi o primeiro que conhecí..


Nadja, minhas canções muitas vezes só tem uma palavra começo a repetir, mudo o ritmo, as vezes ela vira outra palavra..
na minha opnião essas são mesmo as melhores, as nossas, as adaptadas.. ler também desperta algo em nosso coração, no entendimento, mas quando o coração canta o que sabe é diferente e muito melhor...

paz e luz a todos

Barbara disse...

...E que você comentou com o MAIOR coração.
Obrigada.

Bruma Artio disse...

Parabéns pelo teu blog, ele é encantador, voltarei sempre para ler e me deleitar.
Um suave bater dasas da amiga das fadas.

)0(